Caminhando com minha Mestra


Quando conhecemos alguém é comum provarmos simpatia ou antipatia quase que imediatas.

No entanto, estes sentimentos iniciais quando não aprofundados podem gerar uma cegueira ou filtros (positivos ou negativos) que nos impossibilitam ver a pessoa como ela realmente é.


Transformar a simpatia em admiração, amizade e até amor, requer convício, tempo, observação e análise profunda da conduta e das formas como determinada pessoa atua na vida.


No entanto, a imagem que construímos do “outro” será apenas uma interpretação que fazemos a partir de nossa percepção e valores pessoais. Cada um carrega em si mistérios e surpresas pois a vida é transformação constante. Relacionar-se passa então a ser uma descoberta fascinante, uma caminhada junto com o outro.


Na minha formação como artista marcial tenho o privilégio de contar como mentora com a Mestra Sênior Ursula Lima (a primeira mulher na história a receber o título de Mestre Qualificada pela International Moy Yat Ving Tsun Federation, em Filadélfia, Pensilvânia – EUA.)


A simpatia, fruto do nosso primeiro encontro, amadureceu nos últimos 8 anos de convivência e se consolidou numa relação sólida com base na sinceridade, no comprometimento, na admiração, respeito e carinho que unem Mestre e Discípulo. São muitas as histórias neste caminho de vida Kung Fu.Compartilho algumas dessas vivências que revelam um pouco da personalidade de Mestra Ursula.



Logo que iniciei minha prática no Ving Tsun percebi o talento de minha Sifu (Mestre em cantonês) em se comunicar. Ela consegue integrar com maestria voz e expressão corporal, modulando com diferentes energias suas falas. Seu conteúdo e forma de expressão é sempre adequada ao tipo de situação e ao ouvinte, o que faz dela uma grande comunicadora.


Em uma de nossas conversas sobre a importância de divulgar o Ving Tsun Kung Fu em círculos mais amplos da sociedade, sugeri construirmos juntas conteúdos para palestras e workshops a serem apresentados fora do ambiente marcial. Para minha alegria ela aceitou a proposta e começamos a elaborar temas e a discutir formas diferentes apresentar a nossa arte marcial.


Nossa primeira experiência aconteceu no Centro da Justiça Federal do Rio de Janeiro (CCJF) onde apresentamos a palestra Força na Fragilidade.


O tema tinha como objetivo mostrar que o Ving Tsun Kung Fu é mais que uma luta e, por ter sido criado por uma mulher e privilegiar a inteligência e a estratégia no lugar da força, é uma arte marcial que pode ser praticada por pessoas de todas as idades.


Para mim, esta foi a primeira vez que vi minha Sifu falando para um grande público.


Ela foi brilhante na apresentação e conquistou a plateia com sua simplicidade e jovialidade passando a mensagem de forma clara e convincente. O evento foi também uma oportunidade utilizada pela Sifu para mobilizar todos os membros da família Moy Lin Mah que atuaram na organização e divulgação.

Na oportunidade, além de compartilhar um pouco de minha história na prática do Kung Fu, Sifu solicitou que fizesse uma demonstração prática onde, com apenas um movimento, teria que levar meu irmão Kung Fu André Villareal ao chão. Era um desafio que me colocava à prova na frente de todo um auditório. A tarefa era arriscada, considerando as diferenças de idade (eu tinha na época 64 e ele cerca de 40 anos), altura e força com meu oponente. Nossa apresentação conseguiu gerar o impacto desejado e mostrar a eficiência do Ving Tsun.

Neste dia percebi a confiança que minha Mestra depositava em mim e senti a responsabilidade de ser uma verdadeira Kung Fu Lady!!!

A partir do sucesso deste evento recebemos convites para realizar vários outros na mesma instituição.


O segundo desafio foi ainda mais complexo e nos possibilitou outro tipo de experiência, desta vez internacional.

Em um almoço surgiu a ideia de construirmos um workshop sobre a relação entre Design e Kung Fu a ser apresentado à estudantes e profissionais da área de criação e design.


Essa ideia inusitada foi pouco a pouco tomando forma e se concretizou quando recebemos um convite da Professora Maria Milano do ESAD - Escola de Arte e Design de Matosinhos (região do Porto - Portugal) para realizar um workshop com alunos de mestrado em design. Passamos meses estudando, desenvolvendo temas e construindo formas de apresentação. Criamos um processo de trabalho on line e uma agenda de encontros que culminava com a vinda da Sifu à Portugal em novembro de 2019 para a realização do evento de três dias no ESAD.


Foi uma experiência criativa muito rica pois nossas diferentes abordagens moldaram visões inovadoras.

Tudo foi planejado nos mínimos detalhes.

Assim nasceu o TransformaDesign um laboratório interdisciplinar que propõe uma vivência transformadora ao utilizar o pensamento e a metodologia do design aliados à filosofia e prática corporal de uma arte marcial - o Kung Fu. Nossa meta não era oferecer fórmulas ou receitas prontas mas sim, quebrar paradigmas para estimular nos participantes a percepção e a consciência sobre formas de abordagem alternativas na resolução de problemas e conflitos. Nossa proposta teve como objetivo :

  • incentivar os processos de questionamento e posicionamento pessoal;

  • aprimorar a capacidade de qualificar e ouvir o “outro”;

  • identificar cenários, problemas e oportunidades potenciais em todas as situações;

  • desenvolver a criatividade e a flexibilidade no pensar e no agir e

  • acessar a inteligência estratégica



Sifu Ursula fez deste processo e do evento mais uma oportunidade de crescimento do meu kung fu e do de todos os membros da família Moy LIn Mah em Portugal que participaram direta ou indiretamente da apresentação – Helena Ribeiro, Fernanda Lima e Daniel Jr.


Foi incrível aplicar os conceitos e as práticas corporais do Kung Fu em uma escola de design e ver professores, alunos e profissionais tendo contato com os benefícios que uma arte marcial pode trazer para a área criativa e para o desenvolvimento pessoal e profissional.



Vivenciamos dias especiais onde atuamos como um equipe una sob a liderança tranquila de nossa Sifu. Sua energia contagiou a todos e fez do evento um momento de compartilhamento e transformação.


No último dia Leonilda dos Santos - diretora do ESAD - que havia participado do workshop, convidou alunos e professores de diferentes classes a participarem da palestra final sobre o tema: O que acontece quando o Design encontra o Kung Fu?


Para nossa surpresa mais de 80 pessoas nos esperavam no grande auditório da escola.

Confesso que senti um calafrio ao pensar no desafio de trabalhar corporalmente com um grupo tão grande. Era o momento de nos adequarmos ao novo cenário.


Lancei para Sifu um olhar preocupado e em reposta ela disse baixinho: “ não se preocupe, nós vamos conseguir...”

Me tranquilizei imediatamente e passamos à ação.


Neste momento senti a diferença que um líder preparado faz em situações de crise. Sifu não ficou presa ao problema nem se amedrontou frente ao desafio.Ela agiu na direção de dar uma solução simples e eficiente dentro do cenário que se apresentou.





Numa situação extrema ela manteve a calma e atuou com segurança criando um ambiente descontraído que conquistou a todos. A dinâmica foi um sucesso e, pelo feedback que tivemos posteriormente, nossa ousadia marcou de alguma maneira as vidas dos participantes.


As fotos deste dia documentam a energia, a capacidade de comunicação e a liderança assertiva de Sifu Ursula Lima.


Momentos como este ficarão para sempre em minha memória e tenho certeza que na de todos que participaram da experiência, consolidando o elo de confiança que é base da relação que construo dia a dia com Mestra Ursula neste nosso caminho que é o Kung Fu.



Assim relatou

Angela Carvalho “Moy On Gaak Lai” ,

Quarta Discípula de Mestra Sênior Ursula Lima ‘Moy Lin Mah’ e membro do Conselho de Discípulos da Família Moy Lin Mah juntamente com Rodolpho Alcântara, André Villarreal, Helena Carneiro, Fernanda Lima, Heitor Furtado, Vítor Barros e Marcus Souza.

Saiba mais sobre a Família Moy Lin Mah:

Unidade Copacabana, Brasil

Visite nosso site! https://mykungfu.com.br/



Unidade Cascais, Portugal

www.myvt-portugal.org







Obrigada por sua visita!

Angela Carvalho  

Moy On Gaak Lai 

Quarta Discípula de Mestra Sênior Ursula Lima, Lider da Família Moy Lin Mah

Representante da Família Moy Lin Mah  na Unidade Cascais em Portugal

Mentora em Inovação e Transformação Pessoal e Empresarial.

Receba meus posts

Obrigada por subscrever!