Marcialidade no dia a dia


O tema Marcialidade, à primeira vista , pode nos impactar negativamente por estar comumente relacionado com luta, guerra, conflito e posturas fortes e autoritárias.


A palavra, que tem sua origem em Marte - deus da guerra e um dos mais importantes do Olimpo - quando analisada por três grandes Mestres Seniores de Ving Tsun Kung Fu: Julio Camacho, Ricardo Queiroz e Ursula Lima, assume novos e inusitados significados seja para o leigo como para um praticante de arte marcial.

Mestre Sênior Ursula Lima autografando no dia do lançamento do livro Marcialidade


No primeiro livro da Coleção Fundamentos do Kung Fu, lançada no dia 31 de Outubro no Copamar Hotel do Rio de Janeiro, a Marcialidade é abordada com amplitude de visão na forma de entrevistas que trazem ricas e únicas contribuições. Os depoimentos se baseiam na prática e na vivência pessoal de cada Mestre mostrando que o Kung Fu é uma arte marcial que pode ser usada na luta mas serve, principalmente, para provocar transformação interior e mudanças de conduta.


Na apresentação da Coleção Mestre Sênior Julio Camacho, atualmente morando no USA, participou on line do lançamento acompanhando os Mestres Seniores Ursula Lima e Ricardo Queiroz



Este primeiro livro inclui vários depoimentos dos Discípulos com o objetivo abrir a discussão e dar voz à diversidade de abordagens.Tive a honra de ser convidada por minha Mestra Ursula Lima a dar uma contribuição pessoal para o tema. Resumi meu ponto de vista da seguinte maneira:


"A marcialidade me ajuda a envelhecer com dignidade, pois cada dificuldade, seja física ou emocional, passa a ser encarada não como derrota mas como um desafio que pode ser vencido com inteligência e estratégia. Para mim esta é a essência do Kung Fu".


No dia a dia, o envelhecimento trás consigo vários desafios entre eles o convívio com a dor, com a decadência física gradual e com a própria finitude.


Como entender e aceitar com tranquilidade a dor que nos visita de diferentes formas e muitas vezes inesperadamente ? Como tratar de maneira inteligente com os limites que chegam com a idade ?

Como manter a dignidade em momentos de fragilidade?

No ambiente marcial e na prática do Ving Tsun pude confrontar medos, conhecer meus limites e desenvolver maneiras estratégicas de viver melhor a minha idade.


Passei a entender a marcialidade como uma postura frente à vida e como parte do meu dia a dia. Descobri que a luta inteligente não exige força mas sim estratégia, aceitação e escuta do Outro.


Pude também confirmar que o Kung Fu é uma arte que inclui todas as idades e gêneros.


Mulheres com mais de 60, como eu, podem obter inúmeros benefícios ao se transformarem em artistas marciais.


Marcialidade é um livro que vale a pena ler! Ele provoca a reflexão e demonstra, para o grande público, a maturidade atingida por estes três Mestres do Sistema Ving Tsun de Kung Fu no Brasil.


O próximo volume da Coleção já está em finalização para ser lançado. O tema trará outro conteúdo valioso ao abordar Cuidado na perspectiva Kung Fu.


Para este volume fui convidada a contribuir com o texto introdutório que levanta a questão da importância do cuidar no ambiente marcial e no dia a dia de todos nós. Mais um desafio Kung Fu...



Assim relatou Angela Carvalho “Moy On Gaak Lai” , Quarta Discípula de Mestra Sênior Ursula Lima ‘Moy Lin Mah’ e membro do Conselho de Discípulos da Família Moy Lin Mah juntamente com Rodolpho Alcântara, André Villarreal, Helena Carneiro, Fernanda Lima, Heitor Furtado, Vítor Barros, Marcus Souza

Saiba mais sobre a Família Moy Lin Mah: Núcleo Copacabana, Brasil www.mykungfu.com.br Unidade Cascais, Portugal

www.myvt-portugal.org Mais sobre a Coleção Fundamentos do Kung Fu

www.fundamentosdokungfu.com









Angela_Carvalho_edited.jpg

Obrigada por sua visita!

Angela Carvalho  

Moy On Gaak Lai 

Quarta Discípula de Mestra Sênior Ursula Lima, Lider da Família Moy Lin Mah

Representante da Família Moy Lin Mah  na Unidade Cascais em Portugal

Mentora em Inovação e Transformação Pessoal e Empresarial.

Receba meus posts

Obrigada por subscrever!